Post

O futuro da náutica é compartilhado!

27 de Setembro de 2019

O mercado de turismo náutico movimenta R$5,3 bilhões ao ano só em São Paulo e emprega 27,5 mil pessoas direta e indiretamente. Isso demonstra que a cadeia náutica pode ser comparada em igualdade com a indústria de motocicletas do Estado. 

Enquanto isso, fabricantes nacionais de lanchas e iates têm um crescimento projetado, dos últimos anos e até 2020, de aproximados 10% ao ano. O mercado ainda é modesto comparado aos mercados internacionais de primeiro mundo mas o potencial de crescimento é convincente o bastante e o seu melhor aproveitamento depende de duas mudanças essenciais:

 A primeira é a mudança no pensamento estratégico do poder público e das parcerias com o interesse privado que promovam a expansão da infraestrutura náutica ao longo da costa garantindo a proteção ambiental, regulando e fiscalizando a exploração do setor de maneira sustentável, ajudando a criar mais negócios e empregos.

 E a segunda é o desenvolvimento de uma nova cultura náutica entre a população, através da conscientização e acessibilidade de mais pessoas para a prática que possibilite que novas pessoas apreciem e reconheçam o potencial da atividade. 

O futuro já está aqui!

No Brasil, encontramos uma imensidão de paisagens naturais, são ilhas, praias, costões, recifes, rochosos, baías, estuários, brejos e falésias. Aproximados 7.500 quilômetros de costa marítima e mais de 30 mil quilômetros de águas fluviais no interior do país. Mas a atividade náutica, como atividade de lazer, ainda é pouco explorada perto desse potencial geográfico privilegiado.

 Aqui, a náutica sempre esteve atrelada à imagem da elite, dos mais ricos e das celebridades. De fato, navegar em um barco particular é uma atividade cara e para poucos, e por isso o barco sempre serviu como símbolo de ascensão social. 

O barco se tornou o prêmio, o sonho das pessoas financeiramente bem sucedidas.

Por isso, diferentemente de outros países, os brasileiros não possuem uma ligação cultural e afetiva pela náutica, mas uma visão limitada do que essa atividade representa. Se levarmos em consideração o potencial das belezas naturais, o volume de atrativos e as opções de lazer que o barco possibilita conhecer em nosso país e, de fato, se a atividade tornar-se mais democrática, o Brasil poderá ver o desenvolvimento de um mercado que representa R$185 bilhões em aluguéis de barcos no mundo, uma maior participação da população brasileira no turismo doméstico e nas atividades que promovam a proteção e a consciência ambiental

Uma das alternativa mais populares no mundo hoje, para a democratização do acesso a essa atividade, e que tem alcançado ótimos resultados, não só no Brasil mas no mundo, é através da chamada “economia do compartilhamento”. 

Mas o que é a Economia do Compartilhamento?

Resumidamente, é tornar viável o acesso de um maior número de pessoas a uma atividade através do compartilhamento de um bem, um produto ou serviço. Atividades que antes eram restritas somente a quem podia pagar caro se tornam mais democráticas através do compartilhamento desses bens. Por exemplo, compartilhamento de bicicletas, do próprio carro para viagens, caronas, jatinhos particulares e barcos.

Alugue um barco compartilhado na BNBoats

Aqui no Brasil, a Bnboats vem desenvolvendo esse modelo de compartilhamento no mercado náutico, através do aluguel de barcos de esporte recreio e barcos de pesca

Já são muitos os proprietários de barcos que procuram os nossos serviços para disponibilizar os seus ativos e rentabilizar nessa nova ordem mundial. E cada vez mais brasileiros estão realizando seus primeiros aluguéis e vivenciando novas experiências a bordo, conhecendo novos lugares de belezas naturais intocadas e fomentando simultaneamente a indústria náutica e o turismo.

Essa mudança que estamos promovendo nos padrões da indústria e na cultura do povo brasileiro está gerando renda, emprego e educação ambiental.

Ajudamos proprietários a aproveitar melhor todo o potencial desse mercado e proporcionamos experiências inesquecíveis àqueles que sempre sonharam em ter um barco. 

Ainda falta muito a ser feito e queremos que você também faça parte desse movimento! 

Conheça nossa plataforma, alugue um barco e desfrute de uma experiência a bordo!

E para você que é um proprietário de veleiro ou lancha e tem interesse em compartilhar seu barco, cadastre-se agora na Bnboats, é super simples e totalmente gratuito!

 

Esperamos vocês à bordo!

 

Equipe Bnboats.